Como definir bons objetivos financeiros: passo a passo para alcançá-los

A ansiedade é sua primeira reação a suas finanças? Você está preocupado que em breve você estará se afogando em dívidas? Ou, você está convencido de que você nunca vai economizar dinheiro suficiente para aproveitar as coisas boas da vida?

Muitos esperamos que nossas finanças atinjam o fundo do fundo para realmente dar uma olhada no que está acontecendo. Não é de admirar que estudos demonstrem uma e outra vez que a incerteza financeira é a principal causa do estresse para as pessoas em todos os lugares .

 

Qual é o primeiro passo para alcançar o sucesso financeiro?

A maioria das pessoas responderia que conhecer sua situação financeira atual, quanto dinheiro você tem e o que você gasta é o primeiro passo. Mas diríamos que há algo que você precisa fazer mesmo antes de fazer um balanço do que você tem.

Você precisa saber o que deseja que seu dinheiro faça. Ou, em suma, você deve definir alguns bons objetivos financeiros.

E para que fazer planejamento financeiro? Para gerenciar seu dinheiro para atingir sua satisfação pessoal.

Tirar tempo para pensar sobre o futuro significa que você não está se estressando sobre todas as coisas que você não pode pagar agora ou está restrito de fazer porque você está aquém do dinheiro. Você está tirando os pensamentos negativos e está se concentrando em coisas positivas, olhando para frente.

Pergunte a si mesmo por que quer dinheiro? Qual é o estilo de vida que você pretende alcançar nos próximos anos? Onde você se vê pessoalmente e profissionalmente no futuro? O que você vê a si mesmo possuir, curtir ou experimentar?

Pensar em tudo o que você quer alcançar com seu dinheiro significa que você está planejando para seus objetivos e não restringindo seu estilo de vida e desejos dependendo do dinheiro que você está fazendo agora.

Faça isso agora: pegue um pedaço de papel e faça um brainstorm sobre onde você se vê nos próximos 5 a 10 anos. Escreva tudo o que vem à sua mente como uma lista.

 

Em seguida, faça uma verificação de realidade

O próximo passo crucial é saber onde você está. E, rastrear seu dinheiro é a melhor maneira de fazer isso. Isso lhe dará uma idéia clara do que você está trabalhando. O rastreamento é um passo de diagnóstico em sua jornada financeira. Isso indica áreas problemáticas para você e revela o que está em pé entre você e seus objetivos.

Um mínimo de duas semanas a 3 meses pode dar uma idéia do que está acontecendo com suas finanças. Usar um aplicativo pode reduzir muito seu esforço nesse processo. Alguns aplicativos permitem conectar com seu banco para que ele seja sincronizado automaticamente e categorize todas as suas transações ou que você possa tentar inseri-las manualmente.

Faça isso agora: encontre a sua maneira para rastrear seu dinheiro e descubra áreas problemáticas em suas finanças.

Metas

Agora, priorize sua lista

Volte para a lista que você criou e classifique-os em coisas que podem ser alcançadas no próximo ano, nos próximos três anos e nos próximos 5 a 10 anos. Estes são seus objetivos de curto prazo, médio e longo prazo. Mas não é tão fácil, nós sabemos.

Por exemplo, seu objetivo de curto prazo pode ser criar uma reserva de emergência, então seu objetivo de meio termo pode ser pagar sua dívida/prestação e seu objetivo de longo prazo pode ser ter dinheiro suficiente para se aposentar nos próximos 10 anos.

O que você precisa entender aqui é que cada pessoa tem um objetivo diferente. Assim como duas pessoas não são iguais, nem as maneiras como eles gerenciam seu dinheiro, e o que eles gastam e economizam são.

Não tente seguir o plano de outra pessoa. Faça o seu próprio com base no que realmente interessa para você.

Para alguém, pagar sua dívida pode ser mais importante do que construir um fundo de poupança para emergências. Ou, você pode estar economizando para viajar, enquanto outra pessoa pode estar economizando para financiar sua educação. Portanto, a chave é classificar seus objetivos de acordo com a prioridade e o período de tempo que deseja alcançar.

Faça isso agora: escolha pelo menos três objetivos da sua lista. De preferência, dois objetivos de curto prazo e um prazo médio ou longo prazo.

 

Faça o seu objetivo estar presente

Estudos dizem que aproximadamente 80% das pessoas nunca estabeleceram metas para si. Ainda mais surpreendente é que, dos 20% de quem faz, quase 70% não alcançaram esses objetivos. Então, como podemos ter tanta certeza de algo que tem menos chances de ser bem-sucedido?

Volte para a sua lista agora e olhe para ela. Os seus objetivos são específicos?

Para que uma meta seja específica, ela deve responder aos questionamentos: O que exatamente você quer realizar, quando você quer fazer isso e como planeja conseguir isso?

Idealmente, devemos ter as respostas para todas essas questões, mas na realidade, não é tão fácil. Então como fazer?

Quantifique seu objetivo em valores e construa um plano de economia mensal, uma quantia específica de dinheiro dentro de um determinado momento.

Faça isso agora: pegue os objetivos da etapa anterior, estipule as datas e valores para cada objetivo. Depois, quantifique mensalmente a economia necessária para cumpri-los.

Aplicativo Financeiro

Elaborar um plano e cumpri-lo

Agora que você já sabe o valor que deve economizar para chegar ao seu objetivo ou quanto tempo você deveria economizar para alcançar o que você definiu, você tem um roteiro claro para trabalhar.

O que você precisaria fazer para economizar um montante específico? O que você pode reduzir? Onde você pode ganhar algum dinheiro extra?

Os orçamentos são a melhor maneira de ajudá-lo a planejar sua saída para alcançar seus objetivos.

Faça isso agora: crie seu orçamento e use uma ferramenta que lhe seja mais prática. Pode ser em excel ou até mesmo aplicativos, para ajudá-lo a cumpri-lo.

 

Agora, respira e repita

Mudança é a única constante. Portanto, é quase impossível definir um único plano e esperar que ele funcione de forma perfeita. Vamos enfrentar os problemas, pode haver eventos imprevistos que estão realmente fora do nosso controle.

Esta é a razão pela qual a flexibilidade deve ser uma característica latente.

Um plano que não é flexível não é realista.

Então, verifique suas finanças regularmente e veja o que está funcionando e o que não esta. Talvez seja necessário ajustar algo para garantir que as mudanças sejam contabilizadas e seu plano se adapta a elas.

Verifique seus relatórios, gráficos, orçamentos e metas regularmente. Faça os ajustes necessários e repita periodicamente.

 

Pronto para definir suas metas financeiras?

Alguns de nós podemos sentir que a definição de metas é “pedir muito”.  Contudo, na realidade, se você não tem objetivos para trabalhar, é bem possível que você esteja perdido. Mesmo que esteja trabalhando duro como sempre.

Seus objetivos devem parar de intimidar você, uma vez que você tem um plano realista para isso e um sistema simples que o ajude a alcançá-los. Ser consistente e aberto a mudanças é a chave para atingir qualquer objetivo.

 

 

Início