4 perguntas para deixar de gastar por impulso

Gastar por impulso. Será que você já agiu assim? Mas, com certeza, todos nós fazemos isto: compramos algo que realmente não precisamos e, depois de usar uma única vez, o descartamos. A questão é “por que eu comprei isso?”

Então, por que você realmente compra coisas?

Estudos psicológicos dizem que não compramos coisas por possuí-las. Nós compramos o estado emocional que os objetos nos proporcionam. Isso significa que se possuir algo faz com que você se sinta mais inteligente, mais importante, mais eficiente, mais elegante ou qualquer combinação de tudo isso, é mais provável que você compre.

Isso nos leva à ideia central que às vezes nos esquecemos: a despesa é emocional.

Toda vez que estamos em uma loja, a maioria de nós está a bordo dessa montanha-russa emocional. O primeiro passo é aceitar que existe um problema envolvendo gastos. Neste momento mais da metade da população mundial está utilizando o salário atual para pagar dívida acumulada de coisas que eles compraram no passado.

Leia também: O dinheiro traz felicidade?

Como enfrentar gastos impulsivos?

Compras por impulso

Estudos descobriram que até 20% da conta das compras domésticas vêm de itens comprados por impulso. O que muitos de nós tentamos fazer é controlar esse impulso. Compreenda que quando você para de gastar dinheiro em uma compra por impulso, você está guardando o dinheiro para algo mais útil a você. Assim, aqui está uma estratégia que irá ajudá-lo a fazê-lo. A próxima vez que você estiver em uma loja e deseja comprar algo, faça as seguintes perguntas:

1 – Já tenho um?

Estudos americanos dizem que família americana possui quase 300 mil objetos. Portanto, é bem possível que você já possua algo que atenda o objetivo do que você acabou de receber. Perguntando-se isso, fará você repensar a real necessidade de comprar o objeto. Por exemplo, sua rotina diária não permite que você cozinhe em casa e por mais que tenha desejo de mudar essa situação, não será comprando um lindo processador de alimentos caríssimo que o transformará em um “masterchef”. A qualidade do bem não é o único fator na decisão da compra, é necessário analisar com profundidade se aquilo se encaixaria com seu estilo de vida e hábitos.

Lojas

2 – Tenho que desistir de outra coisa para pagar isso?

Se você estiver no limite de seu orçamento, isso se torna uma questão crucial. Será que essa compra de impulso irá desequilibrar o meu orçamento? Ou, você terá que fazer ajustes para poder pagar? Esta questão irá lembrá-lo do impacto direto do item em suas finanças. Isso faz com que você avalie se esta compra vale a pena a ponto de desistir de algo que você já havia planejado gastar.

Leia também: Como montar um Orçamento.

Isso se torna ainda mais agravante se irá pagar no cartão de crédito em longas parcelas. Não há nada de errado em usar o parcelamento do cartão de crédito. Porém, perguntando-se, ajudará a definir suas prioridades em linha reta e torná-lo mais cauteloso antes de tomar a decisão de compra.

3 – Este é o momento certo para comprar isso?

Se o item passou pelas perguntas anteriores e você ainda está decidido em seguir em frente pergunte-se se você precisa comprá-lo agora ou mais tarde. É o que você precisa neste momento? Ou, é algo que você pode comprar em alguns dias ou talvez no próximo mês? Esta questão não é apenas sobre se a compra pode ser diferida, também tem impacto sobre as flutuações de preços.

Algumas coisas custam o mesmo ao longo do ano e outras ficam mais baratas com o tempo. Considere isso também antes de decidir fazer a compra. Como todas as outras questões, não há uma resposta correta ou errada para isso. Sua resposta sincera é o que importa.

Lojas 2

4 – Vou usar isso por tempo suficiente?

Então, você não tem algo que atenda o propósito do objeto que pegou, não vai ter muita pressão sobre seu orçamento e você precisá comprá-lo agora com certeza. Certo?

A próxima pergunta a se fazer é dupla: primeiro, por quantas vezes você estará usando esse objeto? E segundo, ele durará o suficiente?

Por exemplo, se você é alguém que não convida os amigos para sua casa com frequência, provavelmente você não precisará de um elegante conjunto de jantar de 12 peças. Também, se você já pagou um ano de adesão na academia, então provavelmente poderá atrasar a compra de um equipamento de abdominais.

Estas perguntas farão um filtro final para sua compra, determinando se você está comprando o item pelo motivo correto.

Leia também: Como gastar melhor?

Usando a lista de verificação essencial de gastos

Para começar, funciona bem usar estas quatro perguntas como uma lista de verificação rápida antes de comprar algo. O que estamos tentando fazer aqui é descobrir se estamos gastando dinheiro em algo que é necessário, útil e durável. Esta lista de verificação de despesas essenciais, portanto, não só ajudará você a tomar decisões de gastos mais inteligentes e mais significativa, mas também eliminará muito lixo da sua vida e da sua casa.

E você, como faz?

A maioria de vocês pode ter listas de verificação similares para utilizar antes de fazer uma compra. Compartilhe sua maneira nos comentários abaixo e deixe-nos saber o que você acha importante para evitar as compras por impulso.

 

Início